terça-feira, 18 de junho de 2013

Sancristovenses discutem resíduos sólidos em Conferência
IV Conferência Municipal do Meio Ambiente em SC
(Foto: Ascom SC)
Com o objetivo de contribuir para a implementação do Plano Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), a prefeitura de São Cristóvão, através da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, realizou nesta terça-feira,18, a IV Conferência Municipal do Meio Ambiente.
Iniciado às 8h no Colégio Paulo Sarazartt, o evento teve como tema central “Resíduos Sólidos”, reuniu secretários municipais, representantes da sociedade civil organizada, profissionais da Saúde e especialistas, para discutirem a temática e elaborarem propostas a serem apresentadas nas edições Estadual e Nacional da conferência.
Para compor a mesa, foram convidados o prefeito em exercício, Jorge Eduardo - o Jorjão -, a secretária de Infraestrutura e Meio Ambiente, Maria Olívia Chirife, o representante do secretário de Governo e demais secretários, João Nascimento e o procurador Geral do município, Daniel Costa. A prefeita Rivanda Batalha, em Brasília, foi representada por seu vice-prefeito.
Também marcaram presenças a representante da secretária de Estado de Meio Ambiente, Ana Luíza Ferreira, a doutora em Resíduo Sólidos do Instituto Federal de Sergipe (IFS), Kelma Vitorino e o representante da Sociedade Civil, Elenaldo dos Santos.
Abrindo oficialmente a Conferência, o prefeito em exercício Jorge Eduardo, destacou a importância da participação popular da construção de diretrizes voltadas à proteção do Meio Ambiente. "Somos responsáveis pela cidade que temos. Somos conscientes da problemática vivenciada dos dias atuais e por isso, precisamos discutir formas de solução”, enfatizou Jorjão.
Na sequência, a secretária de Infraestrutura, Maria Olívia Chirife, reforçou que a Conferência Municipal, é uma maneira de compartilhar com a população a responsabilidade atribuída ao Estado e ao município. “A partir de 2014 os lixões terão que acabar em todo o país. O nosso já foi fechado, mas, infelizmente, ainda enfrentamos problemas que só serão sanados com o auxílio dos sancristovenses. A consciência da coleta seletiva, por exemplo, tem que partir de todos”, ressaltou a secretária.
Palestras
Logo após, o advogado, pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil e secretário Executivo do Instituto Agroecológico Adonias Amparo, Israel Tavares, ministrou a primeira palestra do dia. Em seguida, a doutora em Resíduo Sólidos do IFS, pronunciou algumas palavras aos participantes e encerrando a primeira parte das atividades, os inscritos foram divididos em grupos para debaterem quatro eixos temáticos: redução dos impactos ambientais, geração de emprego e renda, produção e consumo sustentável, e educação ambiental.

À tarde, dando continuidade ao evento, as propostas elaboradas pelas equipes serão apresentadas. De 20 sugestões preparadas por cada eixo, cinco serão escolhidas, somando 20 propostas gerais que deverão ser levadas à Estadual, pelos delegados, também eleitos nesta conferência como representantes de São Cristóvão.

Fonte:Infonet.com.br

Nenhum comentário: