quarta-feira, 19 de junho de 2013

Texto de Hunaldo Lima no facebook,Hunaldo Lima

Emancipação do Grande Rosa Elze: Mudança ou continuidade??????

Em momento da aprovação das emancipações aforas (claro para que políticos possam aumentar ou manter certos currais eleitorais a nossa custa). Em São Cristóvão sempre fica a expectativa do Grande Rosa Elze; em permanecer, torna-se município, ou o mais ridículo, passar a pertencer a Aracaju. Alguns querem que passe para Aracaju, me vem à memória, lá o prefeito João Alves é um dos piores do Nordeste, e quiçá do Brasil, e que com certeza os políticos da capital, só priorizam a praia e a 13 de julho, seriamos mais um bairro periférico da capital, sem nenhuma vantagem. Outros querem que continue no julgo de São Cristóvão, para que a prefeitura arrecade mais e usar o dinheiro a seu bel prazer (vemos o que está acontecendo), outros preferem que passe a município, já tem até enquete com os possíveis nomes, no entanto, o que muitos querem é usar de trampolim para futuramente ganhar projeção e se candidatar como “heróis da emancipação” e se tornarem novas lideranças, claro e se enriquecer a custa do nosso dinheiro.
Observemos que alguns têm propósitos individualistas, os armandistas que antes eram a favor da separação hoje são contra, porque o “dono de São Cristóvão” precisa de impostos, isso só me vem à lembrança do Império Romano, para investir, pergunto onde????????.
Por vez alguns wanderledistas, em junção com ex-armandistas, hoje querem que se separe para dividir e dominar, uma politica antiga, mais que se reveste do novo, na atual configuração política de São Cristóvão,
O que fazer??? Independentemente de se emancipar ou não, temos que ter consciência política que os atuais gestores (prefeita, o imperador (secretário mor) e vereadores da situação) são os piores desastres que já ocorrera em São Cristóvão, temos que tirá-los urgentemente, mas também não podemos retroceder e colocar o grupo que na gestão anterior acabou com São Cristóvão.
O que fazer bom penso que tanto o povo da sede e povoados, localidades rurais vilas ou distritos e o grande Rosa Elze juntos ou separados, temos uma arma maior que a perversidade destes políticos, o voto, então pensemos bem, reflitamos muito e vamos sim dá a resposta democraticamente nas urnas extinguindo estes políticos parasitas que tanto usurpam recursos e impostos de São Cristóvão e Grande Rosa Elze. Sugestão: formemos uma frente de esquerda única em prol do povo sancristovense, com ou sem separação para assim se livrarmos de todo o mal que sempre assolou e assola o nosso município.
 
 
Fonte:http://www.facebook.com/groups/cidadehistorica/http://www.facebook.com/groups/cidadehistorica/
 

Um comentário:

JOSÉ FILHO disse...

Qual seria a proposta dessa - frente de esquerda - para substituir "aqueles que hoje querem que se separe para dividir e dominar" e "aqueles que são os piores desastres que já ocorrera em São Cristóvão"?