quarta-feira, 5 de junho de 2013

Valorize sua terra,valorize seu povo

Estava vendo um comentário lúcido de um jovem cidadão de São Cristovão sobre aqueles que nasceram na nossa cidade,e hoje moram em outras cidades,a mais comum é Aracaju.
Essas pessoas tem ficado indignadas com a situação de sua cidade,e isso observamos pelas redes sociais,e até em contatos com aqueles que moram na cidade,os questionamentos são os mesmos,a falta de desenvolvimento da cidade,a violência,as pessimas administrações que passaram,e hoje sofremos os seus reflexos,e por ai vai.
Não sei ao certo que trauma historico a cidade sofreu,talvez um dos maiores tenha sido a mudança da capital que de alguma maneira ficou cravado no subcosciente dos que aqui vivem,e ao que parece até os dias de hoje.
A não valorização do sancristovense,pelo sancristovense é histórica,por aqui eu já testemunhei os mais diversos talentos,citaria uma lista imensa,mais imensa mesmo,talentos na prestação de serviços,já conheci pedreiros que colocariam no bolso vários ,e vários engenheiro,conheci marcineiros que trabalhavam a madeira como verdadeiras obras de artes,conheci músicos que tocariam nas melhores orquestras do mundo,conheci escritores que narravam historias com a magnitude dos grandes escritores,conheci artistas teatrais que participariam facilmente de qualquer grande companhia de teatro,por aqui conheci,grandes seresteiros de fazer frente a os grandes da musica romantica,por aqui conheci professores que em suas respectivas areas foram os melhores,por aqui nasceram e viveram pensadores que enobreceram essa terra,por aqui nasceram politicos que até chegaram ao cargo de governador,por aqui Bispos,Pastores,Freiras...
Nesta terra foram paridas as mais diversas pessoas que representavam não só o nosso estado,mais todo o pais,pessoas que circulavam,e circulam entre os meios academicos com toda a autoridade.
Mais hoje a decadência cultural do nosso municipio,é culpa da grande maioria dessas pessoas,que deixaram sua terra ao que deixam trasparecer uma magoa,um desprezo com sua cidade,como alguém que vivia querendo fugir,esquecer o seu passado,apagar da memoria os momentos bons,e ruins que por aqui viveram.
O complexo social parece ser um dos grandes motivos de alguns,após sua ascesão varios motivos aparecem para,digamos,abandonar sua cidade,é filhos estudando em Aracaju,é o trabalho,é o péssimo transporte,é a falta de desenvolvimento da cidade,é os politicos...
O problema é grave,e quem mora aqui sente,se você tem um comercio,e é da cidade,tem menos vez que o comerciante,o prestador de serviço que não é da cidade,isso é perceptível,a desvalorização do profissional da cidade.
Valorizar os seus é um grande negocio,as suas raizes sempre estaram por aqui,já aqueles que não tem uma historia,dificilmente matém uma relação maternal.
Sabemos que muitos filhos ingratos hoje até agradecem a Deus por não mais morar na cidade,mais o profundo do seu intimo chora ao saber da situação de sua cidade mãe.
De quem é a culpa?A culpa é de todos,a culpa daqueles que não doaram um pouco do seu tempo para solucionar,ou ajudar a sua cidade,a culpa é daqueles que valorizaram os que aqui só quiseram usar como pedestal social,a culpa é daqueles que se a acovardaram abrindo espaço para políticos ou duble de político que de tempos,em tempos aparecem por aqui.
Por isso digo sempre aqueles que perguntam sobre a situação da cidade e por aqui não mora mais e se enquadram nesse perfil de abandono da sua terra,que colaborar venha e se engaje na luta por uma cidade melhor.
  

Nenhum comentário: