sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Moradores de São Cristóvão denunciam descaso da prefeitura com animais soltos nas ruas

A população de São Cristóvão está denunciando o descaso da prefeitura em relação ao grande número de animais pastando em praças públicas da cidade e dos conjuntos habitacionais. Segundo moradores, vários animais estão ocupando as praças e destruindo o patrimônio público.
 É público e notório a presença de animais de grande, médio e pequeno nas ruas e praças de São Cristóvão. (Foto: leitor SE Notícias)

É público e notório a presença de animais de grande, médio e pequeno nas ruas e praças de São Cristóvão. (Foto: leitor SE Notícias)
Uma das praças que vem sendo ocupada constantemente pelos animais é a Praça Getúlio Vargas, localizada no Centro da cidade. Inaugurada em dezembro do ano passado pela gestão do ex-prefeito Alex Rocha, a área de jardinagem da praça vem sendo destruída pelos animais.
 Essa situação, que não combina com uma cidade que é Patrimônio da Humanidade. Foto: leitor SE Notícias)

Essa situação, que não combina com uma cidade que é Patrimônio da Humanidade. Foto: leitor SE Notícias)
“Isso é uma vergonha. Como é que a atual administração permite que essa praça tão bonita seja destruída aos poucos pelos animais? Os cavalos que ocupam a praça não tem nenhuma culpa, a culpa é de outros “animais” que não estão nem aí para o patrimônio público”, desabafa o morador José Miguel numa referência aos gestores municipais.
O morador Ronaldo Lima lembra que na gestão passada a prefeitura disponibilizava um caminhão boiadeiro para recolher os animais das ruas e praças públicas.
 O SE Notícias já  denunciou o descaso do poder Prefeitura em relação ao grave problema do acúmulo de lixo nas ruas da cidade, de jumentos, transitando pelas ruas. (Foto: leitor SE Notícias)

O SE Notícias já denunciou o descaso da prefeitura em relação ao grave problema de animais transitando pelas ruas. (Foto: leitor SE Notícias)
“Eu recordo que na gestão do ex-prefeito havia um caminhão locado pela prefeitura só pra fazer o serviço de recolhimento desses animais, tanto é que dificilmente se encontrava um animal solto na rua, mas nessa gestão o que mais tem é animal pastando nas ruas e praças. E o pior: além de destruir o patrimônio estão colocando em risco a vida de motorista, pois os animais frequentam esses locais dia e noite. Espero que não seja necessário acontecer uma tragédia para se tomar uma providência”, adverte o morador.
Além dos moradores da sede do município, a comunidade do Grande Roza Elze também reclama da presença de animais nas ruas. A população observa que já são oito meses de administração e nada foi feito para recolher os animais.
Por ser a quarta cidade mais antiga do Brasil e contemplada há pouco tempo com o título de Patrimônio da Humanidade, o caso já está virando chacota na cidade, apelidada agora por alguns moradores de “Cidade dos Animais”.
Bom exemplo
Para melhorar a fiscalização e identificar os proprietários de animais, algumas prefeituras, como Feira de Santana, na Bahia, e Recife, em Pernambuco, tornaram obrigatório o registro e o controle da população animal por meio de microchips.
Em caso de acidente provocado pelo animal solto em vias públicas, o dono poderá ser identificado e responsabilizado perante a Justiça. Os dados do proprietário são coletados pelo órgão quando ele vai buscar o animal apreendido, que no ato também é chipado.
Um bom exemplo que poderia ser seguido por São Cristóvão e outras prefeituras que permitem animais pastarem livremente nas ruas e praças públicas.
Outro lado
Em conversa com a nossa reportagem, o secretário municipal de Trabalho, Desenvolvimento e Agricultura, José Augustinho dos Santos, reconheceu o problema e anunciou que até a próxima semana deverá se reunir com a prefeita Rivanda Batalha para adotar medidas que visem o imediato recolhimento dos animais.
Da Redação Caju News

Nenhum comentário: