quarta-feira, 21 de agosto de 2013

São Cristóvão terá R$ 22,5 milhões para restaurações

São Cristóvão terá R$ 22,5 milhões para restaurações
Anúncio foi feito pela presidente Dilma Roussef
Dilma anuncia R$ 22,5 milhões para restauração do patrimônio histórico em Sergipe  (Foto: Fabiana Costa/Secult)
Sergipe receberá R$ 22,5 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento das Cidades Históricas (PAC Cidades Históricas). Serão seis obras em São Cristóvão e uma em Aracaju com foco na revitalização do patrimônio histórico e cultural. O anúncio foi feito pela presidenta Dilma Rousseff na manhã de terça-feira, 20, durante solenidade em São João del-Rei (MG).
Em São Cristóvão, através do PAC Cidades Históricas, será possível restaurar: a antiga casa de Câmara e Cadeia; o Museu de Arte Sacra; os prédios da Estação ferroviária e Capelinha e requalificação urbanística de sua esplanada; o Convento de São Francisco; e as igrejas Nossa Senhora do Amparo e Nossa Senhora do Rosário. O valor total destas ações na quarta cidade mais antiga do país é de R$ 11,1 milhões.
Já em Aracaju, será viabilizada a revitalização do Complexo Ferroviário, localizado na zona norte da capital sergipana, a um custo de R$ 11,4 milhões.
Grande conquista
A vitória é fruto da soma de esforços da superintendência da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), do Instituto do Patrimônio Histórico Nacional em Sergipe (Iphan/SE), da Subsecretaria de Estado do Patrimônio Histórico e Cultural (Subpac) e da Prefeitura de São Cristóvão. Representantes dessas instituições prepararam juntos uma apresentação à comissão de avaliação do PAC Cidades históricas em março. No mês de junho, a secretária de Estado da Cultura, Eloísa Galdino, reforçou o pleito junto à ministra da Cultura, Marta Suplicy.
“Essa é mais uma grande conquista para a preservação do nosso patrimônio, e um feito que reuniu esforços das três esferas de poder, o que a torna ainda mais significativa”, diz a secretária Eloísa Galdino. “Só na gestão do governador Marcelo Déda já foram investidos mais de R$ 40 milhões na área. Esses recursos chegam para dar continuidade a essa política de recuperação de monumentos importantíssimos para a história de Sergipe e do Brasil”, lembra.
Sobre o PAC Cidades Históricas
O PAC Cidades Históricas é uma ação intergovernamental articulada com a sociedade para preservar o patrimônio brasileiro, valorizar a cultura nacional e promover o desenvolvimento econômico e social com sustentabilidade e qualidade de vida para os cidadãos.
Ao todo, serão investidos  R$ 1,6 bilhão em ações distribuídas por 44 cidades. Ainda serão disponibilizados outros R$ 300 milhões para financiamento de reformas em propriedades privadas. Para a presidenta Dilma Rousseff, esses locais são parte do cenário em que foi forjada a identidade do Brasil.
“Ainda vive e pulsa nessas cidades, parte do cenário em que foi forjada nossa identidade como povo e como nação. Onde nós aprendemos o sentido da liberdade, o sentido do desenvolvimento, da soberania e da justiça social. (…) Conhecer, preservar e respeitar esse passado é requisito para construirmos um futuro como nação democrática, como nação civilizada e como nação capaz de se erguer sobre seus próprios pés e construir o seu destino histórico”, afirmou Dilma.
Fonte: Secult

Fonte:Infonet.com.br

Nenhum comentário: