quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Vereadores da oposição foram, ao Ministério Público para denunciar a suposta contratação de ONG pelo poder Executivo para gerenciar a saúde do município.

Vereadores da oposição foram na manhã de hoje, ao Ministério Público para denunciar a suposta contratação de ONG pelo poder Executivo para gerenciar a saúde do município.

Os Vereadores Géverton da Saúde, Vanderlan Dias Correia, Claudio chagas e Paulo Junior, levaram as suas preocupações para o Ministério púbico sobre suposta contratação de OCIP para gerenciar a saúde do município. Nós não queremos que os serviços de saúde sejam privatizadas, queremos um sistema público de qualidade com respeito aos usuários do SUS e com a valorização dos profissionais. "Quando os agentes públicos transferem a responsabilidades para gerenciar os seus serviços para outra entidade, é um prova que o s mesmos não tem competência para gerenciar o sistema indagou o Vereador Géverton da saúde. Além dos problemas da Saúde em geral Os Parlamentares também falou a respeito do auxilio alimentação e fez a denuncia de que muitos profissionais efetivos, principalmente da saúde não estão tendo o mesmo tratamento dos comissionados em relação a ao auxilio alimentação. "Os chefes imediatos desses profissionais não estão nem recebendo os requerimentos dos mesmos , os agentes de Saúde e de endemias por exemplo estão recebendo resposta negativa da gestão municipal e isso pode configurar uma descriminação, pois tanto eu como os demais vereadores de oposição votamos a favor do projeto para que todos os servidores fossem contemplados. É por isso que estamos aqui no Ministério Públicos" Afirmou indignado o Vereador Géverton da Saúde
(ASCOM).

Um comentário:

Anônimo disse...

vcs esperavao oque em 16 anos de mandatos em Sao Cristovao nao foi feito melhorias vao fazer agora ou o povo de Sao Cristovao tem aminesia coletiva ou c fazem de desentendidos