sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Identificados homens que morreram na BR-324 em troca de tiro

Identificados homens que morreram na BR-324 em troca de tiro

Alean Rodrigues | Sucursal Feira de Santana

  • Os homens integravam uma quadrilha do tráfico de drogas, informou a polícia
Os quatro homens que foram mortos em suposta troca de tiros com a polícia civil em Feira de Santana (a 109 km de Salvador) foram identificados por familiares na manhã desta sexta-feira, 18, no Departamento de Polícia Técnica (DPT). As mortes ocorreram no final da tarde de quinta-feira na BR-324, próximo ao viaduto da BR- 101. A operação foi executada por policiais da 1ª Coordenadoria de Polícia do Interior (1ª Coorpin) e Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) sob o comando do coordenador, delegado Ricardo Brito.
Os homens foram identificados como Fábio de Almeida Silva, 24 anos, Enderson Almeida Souza Matos, 23 anos, o "Rabicó", Jeisivam Cristiano Dias Brito, 26 anos e Gilmário Sales Lima, 24 anos, este último era presbítero da Igreja Assembleia de Deus em Aracaju e conhecido nacionalmente pelas pregações que fazia. Ednaldo Miranda Matos Júnior, irmão de Rabicó foi preso sob suspeita de fazer parte da quadrilha. Com ele, foram encontrados 500 gramas de crack.
De acordo com o coordenador Ricardo Brito, os homens faziam parte de uma quadrilha especializada em roubo de veículos e tráfico de drogas e vinham sendo investigados há mais de um mês. Ao serem abordados pela polícia na BR-324, eles atiraram contra os policiais que revidaram. "O Rabicó era o líder da quadrilha, estávamos há algum tempo investigando o grupo, e ontem (nesta sexta) tivemos a informação que eles estavam trazendo um carro tomado de assalto. Fizemos a campana, eles atiraram e revidamos, infelizmente foram a óbito", disse.

Saiba mais

A polícia apresentou dois veículos sendo um Peugeot vermelho, de placa OLD-8292, e um Punto branco, NZT-3230, que estava com os mortos, além de 3 revólveres calibre 38 e uma pistola de uso exclusivo do exército filipino. No momento em que os veículos eram periciados, foram encontrados 3 tabletes de maconha prensada escondida no motor do Peugeot. "Já conseguimos descobrir que os veículos foram roubados em Salvador, inclusive uma vítima esteve aqui e fez o reconhecimento dos envolvidos e das armas", destacou o delegado.
O delegado informou ainda que Gilmário era utilizado como batedor, ou seja, ele ia em um veículo na frente do grupo para avisar a existência de barreiras policiais. "Ele avisava e o restante do grupo fugia ou se preparava para atirar contra a policia", explicou.

Pregadores
Familiares de Jeisivam e de Gilmário desmentem a versão de troca de tiros e afirmam que eles foram executados. Eles dizem que os dois eram evangélicos e que estavam indo para Aracaju. Veranice dos Santos Sales, mãe de Gilmário, diz que o filho comprou o carro (Peugeot) há 15 dias e que ela desconfiou que tinha algo errado pelo valor pago R$ 14 mil.
"O único erro de meu filho foi ter comprado este carro. Mas dizer que ele era bandido e trocou tiros, jamais, pois ele era um homem de Deus conhecido em todo o país e não merecia isto que fizeram", afirmou, entre lágrimas.
Presidente do Sindicato dos Camelôs de Feira de Santana, Ivo da Silva Brito é pai de Jeisivam e diz que o departamento jurídico da entidade irá acompanhar o caso. "Meu filho e o amigo eram pregadores da palavra de Deus e a única arma que tinham era a bíblia. Eles eram trabalhadores e não sabiam sequer atirar, como iam trocar tiros com a polícia?", desabafou.
Ele informou ainda que Jeisivam era ex-cunhado de Rabicó e que acredita que por isto ele foi morto. "Ele foi condenado por conhecer pessoas que eram erradas? Não vou sossegar enquanto a verdade não aparecer. Meu filho foi executado, isto tenho certeza", gritou, quando liberava o corpo do filho.  
Nas redes sociais e sites de noticias da cidade, o que se vê são manifestações de repúdio pela morte dos jovens. Todos pedem que o caso seja investigado com clareza e que seja acompanhado pelo Ministério Público.
Os corpos foram liberados no início da tarde desta sexta e três deles foram sepultados nos cemitérios Jardim Celestial e São Jorge. Apenas o corpo de Gilmário será sepultado na manhã deste sábado, 19, em Simões Filho.

Fonte:Portal ATARDE

Nenhum comentário: