domingo, 10 de novembro de 2013

Que culpa temos de recebermos de volta o que é nosso?

A cidade além de todos os problemas que sofreu nos últimos anos,agora sofre um bombardeio na imprensa estadual por conta da decisão da justiça federal,que da de volta a cidade de São Cristovão as terras da chamada por Aracaju de zona de expansão.
O que acontece é que durante anos Aracaju vem fazendo alguns investimentos nas áreas de saude e educação,e contando com a colaboração dos governos estadual e federal,o local recebeu  um grande volume de obras estruturais,e é claro que a população que hoje mora nessa região,que com certeza não tem a mínima relação cultural,ou social com essa região,foram apenas colocadas pelos governos como áreas de moradias populares.
Tudo isso começou com um acordo entre Aracaju e São Cristovão para que na Terra Dura fosse isntalada uma lixeira,já que a capital não tinha mais nenhum local para esse fim.
Mais o pior é que Aracaju não contentou-se com apenas a lixeira e foi aos poucos tomando conta da região,o que foi um desastre para a cidade,em termos geografico.
O pior de tudo é a forma que as pessoas tem se colocado na imprensa,colocando de forma pejorativa a imagem da cidade,que é colocada como culpada por ter sua extensão de terras invadidas e ainda é colocada como culpada por receber o que a pertence de volta,isso só acontece no Brasil,seria motivo de guerras em muitas partes do mundo,uma região grande,produtora de petróleo,com um dos maiores potenciais turísticos do estado,uma das locomotivas do mercado imobiliário de Sergipe,quer mais um motivo, pertence a cidade,porque tanto espanto?ou o direito a propriedade não vale mais no Brasil?
O certo é quem foi morar naquela região,sabia que estava em São Cristovão ou foi muito bem enganado,ou se enganou esse tempo todo.

Fabio André

Nenhum comentário: