terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Moradores de São Cristovão em Pânico com a Falta de Segurança

Carro é incendiado na porta de Delegacia de Polícia
Moradores ouvem estrondos e ficam em pânico na cidade
Carro incendiado na porta da Delegacia (Fotos: Cássia Santana/Portal Infonet)
Na madrugada desta terça-feira, 24, um carro foi incendiado na porta da 12ª Delegacia de Polícia, localizada no centro da cidade de São Cristovão. Moradores suspeitam que incêndio tenha sido criminoso, mas a propriedade do veículo e as causas do incêndio ainda estão sendo investigadas, segundo informações da polícia.

Há informações que na Delegacia de Polícia havia apenas um agente de plantão. Moradores que residem nas imediações, na Praça Getúlio Vargas, foram despertados entre às 2h e 2h30 da madrugada com o estrondo do fogo agindo sobre o veículo. “Ouvimos o estrondo e pensamos que eram fogos [de artifício], mas esperamos o restante e não vinha aí foi que ninguém abriu a porta para ver o que estava acontecendo. Todo mundo ficou com medo, sem saber o que ocorria”, desabafou uma moradora, que, como a maioria dos entrevistados pela Portal Infonet, preferiu o anonimato.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada para controlar as chamas, mas o fogo destruiu completamente o carro. Restou apenas a carcaça do Renaut Clio, que está estacionado na porta da Delegacia de Polícia desde o início do mês de dezembro. A assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Segurança Pública confirmou que o veículo foi apreendido durante uma operação que resultou na apreensão de um adolescente em conflito com a lei. O veículo, segundo a assessoria, não possui restrição de roubo ou furto, mas permaneceu apreendido devido a irregularidades no emplacamento decorrentes de atraso no pagamento das taxas cobradas pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran).
Chamas destroem completamente o veículo
Peritos do Instituto de Criminalística foram ao local e devem concluir o laudo em cerca de 30 dias. Não está descartada a possibilidade de um incêndio criminoso, assim como também poderá ter ocorrido um acidente. Só após conclusão do laudo pericial a polícia definirá a linha de investigação. A assessoria de imprensa da SSP informou que as investigações serão conduzidas pelo delegado Luís Carlos Xavier.

O funcionário público Rildo Cavalcante informou que os moradores da cidade estão se organizando para entregar um abaixo assinado ao secretário João Eloy para pedir maior segurança na cidade.
Por Cássia Santana

Fonte:Infonet.com.br

Nenhum comentário: