sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Por que ser um correntista do Banese no centro histórico de São Cristóvão????


Por que ser um correntista do Banese no centro histórico de São Cristóvão????


Começo esta crônica informando que a cidade de São Cristóvão está bem servida de agências bancárias, pois temos três agencias oficiais: Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Bradesco. Mas se faz necessário informar que o Banese como como banco oficial dos servidores públicos estaduais é de extrema importância estar presente em todos municípios do Estado. Este banco, apesar de muitos propagarem por todo território sergipano ser um banco público e patrimônio de sua gente, trata-se de uma sociedade de economia mista, e como tal tem muitos empresários lucrando rios de dinheiro com essa historinha de amor ao povo sergipano. O centro histórico de São Cristóvão e adjacências é composto por mais de 40 mil habitantes que em sua maioria de trabalhadores ativos são compostos por servidores públicos estaduais e municipais possivelmente todos correntistas do Banese. Ao chegar ao fim do Mês e possíveis dias de pagamento dos servidores públicos, torna-se um verdadeiro calvário a busca por seus salários na cidade de São Cristóvão, em sua grande maioria os já tão maltratados servidores tem de viajar as cidades circunvizinhas, principalmente Aracaju, para colocar suas contas em dia. Mas São Cristóvão tem uma agência do Banese que funciona na Câmara de Vereadores!!! Quem viu??? trata-se de não sei nem o que!! uma loja "Banesecard" que ninguém sabe qual o seu escopo, a quem pertence, se ao público ou ao privado, se trata-se de uma franquia. O certo é que apenas contém um caixa eletrônico, onde mais fácil seria encontrar um Saci Pererê, uma Caipora ou papai Noel, do que encontrar dinheiro disponível. O atendimento é feito apenas por um funcionário, que tenta atender a todos na medida do possível, espaço que mal cabe o funcionário e o segurança. Um verdadeiro absurdo. Nos últimos anos anos os san cristovenses já não mais caem no conto da carochinha e já começam um grande processo de migração para as demais agências bancárias da cidade, e se os tais defensores da sergipanidade não começarem a tratar os servidores públicos já tão humilhados desta cidade acabarão sem clientes para fomentarem seus já tão vasto patrimônio.
Corta pra mim São Cristóvão de olho nos desmandos!!!!


Da pagina Corta pra mim São Cristovão no Facebook

Nenhum comentário: