sábado, 7 de dezembro de 2013

São Cristovão em 2013 é uma das três cidades Mais Violentas de Sergipe

Sergipe é um dos dez estados mais violentos do País

Segundo delegada, drogas são responsáveis por 80% das mortes

Notícias Sergipe
Por Marcio Rocha
Os dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) sobre o número de homicídios praticados em Sergipe no primeiro quadrimestre do ano de 2013 são assustadores. Entre janeiro e abril, 293 pessoas foram assassinadas no estado. As estatísticas englobam homicídios por arma de fogo, arma branca, arma contundente e espancamento.
Os dados divulgados pela Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (Ceacrim) da SSP mostram a realidade de aumento da violência tanto nas zonas urbanas, quanto rurais. Apenas em quatro meses, o número de mortes violentas conseguiu se aproximar do total de homicídios no primeiro semestre de 2012. Em seis meses, no ano passado, 360 pessoas foram assassinadas.
Os números posicionaram Sergipe, segundo os dados divulgados pelo Mapa da Violência, como o 13º estado mais violento do país. No Anuário Brasileiro de Segurança Pública, a situação é ainda mais alarmante e o estado ocupa a sexta posição em nível nacional.
2013
As cidades com maior número de mortes registradas e catalogadas até abril desse ano pelo Ceacrim são Aracaju, com 89 assassinatos em quatro meses, Nossa Senhora do Socorro, com 33 homicídios, São Cristóvão, com 20 mortes, Itabaiana, com 15 pessoas assassinadas e Estância, com 12 homicídios. Vale ressaltar que estes dados catalogam apenas os meses de janeiro a abril.
Dos 75 municípios sergipanos, 58 apresentaram pelo menos uma morte promovida por crime contra a pessoa. Entre as 17 cidades restantes, a exemplo de Frei Paulo, Cumbe e Pedrinhas, não aconteceram homicídios no primeiro quadrimestre deste ano. Obviamente, os números mudaram ao longo dos últimos dois meses. F5 News solicitou à SSP informações atualizadas, mas o total de homicídios em Sergipe, nos últimos 240 dias, não foi enviado à reportagem.
Números divulgados pelo Estadão Dados informam que Sergipe carrega sobre si a pecha de ser um dos dez estados mais violentos do Brasil. De acordo com as informações divulgadas, seu índice é de 35 assassinatos para cada cem mil habitantes. Os municípios mais violentos, de acordo com a pesquisa, são Aracaju, Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão e Itabaiana.
Alguns fatores contribuem para o aumento no número de homicídios. As drogas são a principal causa de mortes entre jovens. De acordo com os crimes analisados pela reportagem F5 News, a maioria de jovens do sexo masculino são assassinados em virtude de envolvimento com tráfico ou consumo de drogas.
Para o deputado Capitão Samuel (PSL), a ausência de policiais nas ruas é outro fator que ajuda a aumentar o índice de homicídios no estado. Segundo o parlamentar, Sergipe cresce em níveis de violência contra os cidadãos. “Nos últimos anos, os crimes envolvendo tráfico de drogas, latrocínios e outras ocorrências evitáveis, como mortes em brigas, aumentaram consideravelmente”, afirma Samuel.
O deputado destacou ainda que a violência se espalha no país inteiro, mas, em Sergipe, está fortemente aliada à falta de polícia nas ruas. “Existem muitas viaturas, mas não há policiais para poder usá-las. Um exemplo disso é o desfile cívico-militar, que ocorreu no último dia 7 de setembro. Víamos muitos carros, aparato, mas não tinha policiais para operá-los e agir em campo para praticar o policiamento ostensivo”, analisa.
A delegada responsável pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, Tereza Simony, informou à reportagem F5 News que os dados a respeito dos crimes contra a vida realizados ao longos dos oito primeiros meses do ano estão sendo levantados. Entretanto, ela antecipou que, dos casos de homicídio registrados, cerca de 80% tem ligação com o tráfico de drogas.
“A motivação dos crimes está relacionada a conflitos por pontos de venda de drogas ou então dívidas de pessoas com traficantes. Os homicídios estão muito disseminados, mas sua maior concentração é nos bairros da zona norte de Aracaju, no bairro Santa Maria, e no município de Nossa Senhora do Socorro”, explica. 

Fonte:F5News.co.br

Nenhum comentário: