quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Freis saem em busca de criminosos após roubo de ovelhas em Sergipe




'Na hora nem pensamos no risco que estávamos correndo', diz frei Paulo.
Um carneiro e uma ovelha foram furtados em duas ações dos criminosos

Marina Fontenele Do G1 SE
3 comentários
Frei mostra o buraco feito pelos criminosos (Foto: Marina Fontenele/G1)Frei mostra o buraco feito pelos criminosos (Foto: Marina Fontenele/G1)
Religiosos do Convento Nossa Senhora do Carmo, localizado no município de São Cristóvão, em Sergipe, passaram por um sufoco na noite de segunda-feira (27). A tranquilidade do local foi ameaçada por homens que invadiram o sítio onde eles moram e levaram ovelhas. Na tentativa de impedir um prejuízo maior, eles saíram em busca dos suspeitos. Os criminosos deixaram para trás um facão, um machado e cordas.
“Ouvimos o cachorro latindo muito e quando eu, outro frei e o vizinho fomos até o sítio vimos um dos suspeitos. Imediatamente fui à delegacia, mas estava fechada. Pedi ajuda aos únicos três policiais militares de plantão e voltei para o convento. Percebemos que barulho continuava e nós três entramos no mato para procurar os criminosos, na hora nem pensamos no risco que estávamos correndo, mas tínhamos que fazer isso porque os policiais não quiseram entrar porque estavam sem lanternas”, relata o frei Paulo Batista.
Criminosos deixaram materiais para trás durante a fuga (Foto: Marina Fontenele/G1)Criminosos deixaram materiais para trás durante a fuga (Foto: Marina Fontenele/G1)
Os criminosos conseguiram retirar três animais, mas abandonaram dois durante a fuga. Segundo o frei Paulo, no sábado (25) um macho reprodutor foi levado do curral que abrigava oito ovelhas.
“Estávamos nos preparando para ir à missa no sábado quando um frei foi alimentar os bichos e observou que faltava um e que tinha um buraco no muro do sítio. Domingo nós mesmos fechamos o buraco e segunda-feira eles voltaram para pegar o restante dos bichos”, afirma o religioso.
Um carneiro e uma ovelha foram furtados em duas ações dos criminosos (Foto: Marina Fontenele/G1)Um carneiro e uma ovelha foram furtados em duas ações dos criminosos (Foto: Marina Fontenele/G1)
O convento construído há cerca de 400 anos abriga 13 jovens freis, documentos importantes e imagens de santos com valor histórico. Segundo frei Paulo, o local já foi alvo de criminosos outras vezes, principalmente no horário das missas aonde a maioria vai para a igreja que fica ao lado do casarão onde eles vivem. “Já levaram imagens que depois foram recuperadas pela Polícia Federal. Até botijão de gás o pessoal rouba, é impressionante a ousadia”, conta.
“Nós moramos numa estrutura que é uma verdadeira fortaleza, mas o restante da população de São Cristóvão vive à mercê da violência devido à falta de policiais e de equipamentos básicos como as lanternas. Não existe condições de três militares conseguirem combater o crime em toda a cidade”, denuncia o frei.  O caso só foi registrado na delegacia do município na manhã desta terça-feira (28).
Convento Nossa Senhora do Carmo em São Cristóvão (Foto: Marina Fontenele/G1)Convento Nossa Senhora do Carmo em São Cristóvão (Foto: Marina Fontenele/G1)

Nenhum comentário: