quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

O Abandono de São Cristovão

Frei denuncia falta de manutenção em ladeira histórica de São Cristóvão

Dom Pedro II teria passado pelo local que servia de acesso à capital.
Secretária da infraestrutura diz que aguarda liberação do Iphan para obras.

Marina Fontenele Do G1 SE
Segundo frei, 'Ladeira da Banca' tinha sido restaurada há dois anos (Foto: Marina Fontenele/G1)Segundo frei, 'Ladeira da Banca' tinha sido restaurada há dois anos (Foto: Marina Fontenele/G1)
A rua conhecida como ‘Ladeira da Banca’ localizada em São Cristóvão, em Sergipe, mantém a aparência original de cerca de 400 anos quando a cidade foi fundada. Segundo o frei Paulo Batista, do Convento Nossa Senhora do Carmo, que fica em frente a essa rua, o local está abandonado e já não serve mais de passagem de veículos por causa da falta de manutenção.
  •  
“Está impossível passar por aqui de carro ou moto por causa dos buracos. O que impressiona é que essa ladeira foi restaurada da forma original do calçamento há cerca de dois anos e há um ano já ficou desse jeito. Falta uma manutenção, essa não é uma simples rua. Por aqui passou Dom Pedro II quando chegava de barco pelo Rio Paramopama até São Cristóvão, que era a antiga capital de Sergipe”, afirma o frei Paulo.

Segundo ele, a ladeira é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).
Em conversa com a equpipe do G1 a secretária da Infraestrutura da Prefeitura de São Cristóvão, Maria Olívia Chirife descatou que providências sobre a recuperaçãop da ladeira já estão sendo tomadas. " Enviamos um requrimento ao Iphan e estamos aguardando a liberação para que as obras sejam realizadas".

Nenhum comentário: