domingo, 16 de fevereiro de 2014

Suplente de vereador é executado na porta de casa no Jardim Universitário, em São Cristóvão.

O suplente de vereador, Genilson Santana dos Santos, o popular Tito, de 38 anos, foi morto a tiros na manhã deste domingo, 16, dentro do próprio estabelecimento comercial, no Loteamento Jardim Universitário, no Grande Rosa Elze, em São Cristóvão.
De acordo com os primeiros levantamentos da polícia, o crime foi registrado por volta das 7h, momentos depois que o comerciante deu início ao expediente. As investigações estão sendo mantidas sob sigilo e jornalistas não teve acesso ao local do crime, em atendimento à solicitação da família.
No bairro predomina a lei do silêncio. Os moradores não manifestam opinião, mas alguns levantam a suspeita de crime de latrocínio [assalto seguido de morte]. Mas a polícia também levanta outras hipóteses, que não estão sendo divulgadas para não atrapalhar as investigações.
Há suspeita que os criminosos chegaram ao local do crime ocupando um veículo, ainda não identificado. “Ouviu-se barulho de veículo se movimento no momento do crime, mas tudo isto está ainda sob investigação”, declarou Mário Leony. “Já temos uma linha de investigação boa, que levam aos suspeitos e à motivação do crime, mas não vamos dar divulgação”, resumiu o delegado, omitindo os detalhes.
Suplente
 Natural de Aracaju (SE), Genilson Santana (Tito), candidatou-se nas últimas eleições para uma das vagas para a Câmara de Vereadores de São Cristóvão, pela coligação pela São Cristóvão Que a Gente Quer (PMDB/PT), que teve como candidato a prefeito da cidade, o Professor Wanderlê, aliado político e amigo pessoal. Obteve 139 votos.

Fonte:SEnoticias.com.br

Nenhum comentário: