terça-feira, 18 de março de 2014

Estudante é mantida em cárcere e estuprada por três dias
A jovem teria sido estuprada por um colega de trabalho
Jovem foi encontrada em uma casa em Riachão do Dantas (Foto arquivo: Portal Infonet)
Uma estudante de 18 anos foi estuprada e mantida em cárcere privado por três dias. O autor do crime seria um colega de trabalho, cujo nome foi divulgado. I.F.N foi encontrada pelos familiares na última segunda-feira,17, em uma casa no município de Riachão do Dantas. A vítima estava em estado de choque e com ferimentos no rosto. A jovem, que é de Nossa Senhora do Socorro, estava desaparecida desde a última sexta-feira,14. Ela teria ido a uma festa na Barra dos Coqueiros e desapareceu.
A tia da estudante, que preferiu não se identificar, relata que a sobrinha foi atraída para uma suposta festa. Lá ela teria sido drogada e estuprada várias vezes. A mãe do suposto estuprador teria entrado em contado com a família de I.F.N pedindo que retirasse a polícia das buscas e em troca diria onde estava a jovem.
“Quando chegamos a casa em Riachão do Dantas, minha sobrinha estava em estado de choque e não nos reconheceu. Ela estava com machucados e o local era muito sujo. Na casa estavam o colega de trabalho dela, a mãe dele e um tio. Eles alegaram que ela estava lá por conta própria. Minha sobrinha morreria se nãoconseguíssimos chegar a tempo no hospital”, relata.
Ainda segundo a tia da jovem, seu estado de saúde requer cuidados, mas ela não corre risco de morte. “Ela já foi atendida pelos médicos e está sendo examinada. Uma psicóloga está acompanhando minha sobrinha, pois ela está tendo surtos e pedindo socorro o tempo inteiro”, conta.
Na delegacia de Riachão do Dantas, a informação é de que o caso foi registrado, mas não foi passado detalhes sobre o caso. A reportagem do Portal Infonet tentou ouvir o delegado da delegacia de Riachão e o Comando de Policiamento Militar do Interior (CPMI), para saber sobre as investigações, mas sem êxito.
Por Eliene Andrade

Fonte:Infonet.com.br

Nenhum comentário: