quinta-feira, 10 de abril de 2014

Governo promove encontro de prevenção de violência ao uso de drogas no ambiente escolar

O Governo de Sergipe, por meio das Secretarias de Segurança Pública, Inclusão Social e Direitos Humanos, promove nesta terça-feira, 8, no auditório da Secretaria da Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social (Seides), o 1º Encontro Estadual Integrado de Prevenção à Violência e ao Uso de Drogas no Ambiente Escolar.

O encontro visa apresentar as principais conclusões da pesquisa “Consumo de substâncias psicoativas e aspectos da violência por adolescentes escolares de Aracaju”, coordenada pela professora doutora Cristiane Costa de Cunha Oliveira. O trabalho foi contratado pela Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica (FAPITEC/SE), em parceria com Secretarias de Estado do Governo de Sergipe ,em meados de 2012.

DSC00947De acordo com a professora Cristiane Oliveira, a proposta inicial era que se investigasse a situação das escolas públicas da Grande Aracaju e sua relação com o consumo de drogas e violência. A pesquisadora, que tem formação em Odontologia e mestrado e doutorado na área de Saúde Coletiva, decidiu captar a amostra em duas faixas de ensino: ensino fundamental 8ª e 9ª série cuja idade permeia entre 10 a 12 anos; e alunos do ensino médio na faixa etária de 15 a 19 anos.

A pesquisadora adiantou que um dos principais resultados do trabalho é que a droga mais utilizada pelos alunos de escolas públicas da Grande Aracaju é o álcool. “Embora o álcool seja uma droga lícita e fácil de usar, os estudos apontam que ela é a porta de entrada para outras drogas e há até uma correlação mais forte com outras questões, como porte de armas”, explicou.

No tocante à escola que apresentou o maior índice de consumo, a pesquisadora disse que por questão de ética não fará este tipo de divulgação. “Fizemos um percentual do conjunto dos dados por município e não por escola”, enfatizou.

Sugestões de melhorias


Temos algumas sugestões para apresentar ao poder público sobre como fazer para ajudar a resolver o problema. Este encontro visa promover um debate público com a comunidade, com diretores das escolas envolvidas a fim de que possamos discutir juntos. Ao final desse debate, apresentarei uma cartilha com propostas de intervenção”, disse.

Outra palestrante do evento foi a professora doutora Karina Sposato, que tratou da prevenção da violência no ambiente escolar. O viés da pesquisa foi os adolescentes envolvidos em conflitos.

Entre os presentes no seminário estão representantes das Secretarias de Estado da Saúde, Educação, Inclusão Social e Segurança Pública, além de representantes das Secretarias Municipais de Educação de Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão e Aracaju. O diretor do Departamento de Narcóticos (Denarc), Flávio Albuquerque, representou no evento a Superintendente da Polícia Civil, Katarina Feitoza.

A SSP participou do evento com as integrantes do Núcleo de Análises e Pesquisas em Políticas Públicas de Segurança e Cidadania (Napsec), Adriana Marcelino, Abigail Souza e Anusia Lima.



 http://www.ssp.se.gov.br/index.php/noticias/14803-governo-promove-encontro-de-prevencao-de-violencia-ao-uso-de-drogas-no-ambiente-escolarhttp://www.ssp.se.gov.br/index.php/noticias/14803-governo-promove-encontro-de-prevencao-de-violencia-ao-uso-de-drogas-no-ambiente-escolar

Nenhum comentário: