sexta-feira, 18 de abril de 2014

Morre o poeta sergipano Santo Souza aos 95 anos
O corpo está sendo velado no cemitério Colina da Saudade
José Santo Souza faleceu aos 95 anos de idade (Foto: Divulgação)
Faleceu na madrugada desta sexta-feira, dia 18, o poeta José Santo Souza, aos 95 anos de idade, em sua própria residência. Santo Souza era natural do município de Riachuelo e é considerado um dos maiores poetas do Estado de Sergipe.
José Santo Souza era Membro da Academia Sergipana de Letras (ASL), onde ocupava a cadeira de número 3. Também era membro efetivo da Associação Sergipana de Imprensa (ASI) e integrava a maçonaria da Loja Cotinguiba.
O corpo está sendo velado no Cemitério Colina da Saudade e será sepultado às 16h também no Cemitério.
Artista Ilustre
O poeta José Santo Souza foi um dos artistas ilustre homenageado pelo Portal Infonetdurante o Infográfico Sergipanidade.
Entre as obras do autor estão Cidade Subterrânea (1953), Caderno De Elegias’ (1954), ‘Relíquias’ (1955) e ‘Ode Órfica’ (1955/1956/1968), cuja primeira edição, foi publicada, como os livros anteriores, por José Augusto Garcez em seu Movimento Cultural de Sergipe. Após 46 anos sem fazer lançamento de livro ao público, o poeta sergipano Santo Souza, lançou em 2010, duas obras: ‘Crepúsculo de Esplendores’ e ‘Deus Ensaguentado’.
Por Aisla Vasconcelos


Fonte:Infonet.com.br

Nenhum comentário: