terça-feira, 26 de agosto de 2014

 | 

Carroceiro morre em frente ao Posto de Saúde, em São Cristóvão

O descaso na saúde mais uma vez revoltou os moradores do Conjunto Eduardo Gomes, em São Cristóvão. Um carroceiro de 53 anos, morreu na manhã desta segunda-feira (25) em frente a Urgência 24h, do Conjunto Eduardo Gomes. Testemunhas contam que o homem chegou ao posto de carroça e acompanhado do filho e do neto. “Eu cheguei no posto de madrugada e já o encontrei aqui. Ele procurou atendimento, mas não teve, foi embora e voltou com fortes dores e mesmo assim não foi atendido”, disse Cristina de Jesus.
 Morte do carroceiro em frente ao Posto de Saúde, em São Cristóvão(25), revoltou a população. (Foto: leitor SE Notícias)

Morte do carroceiro em frente ao Posto de Saúde, em São Cristóvão(25), revoltou a população. (Foto: leitor SE Notícias)
A testemunha afirmou que as pessoas que presenciaram o fato chegaram a telefonar para a Samu para o homem fosse levado a algum hospital, mas também não teve sucesso. “Ligamos para a Samu, mas a ambulância só chegou aqui depois das 5h. Mas aí já era tarde demais”, afirma Cristina.
Homem de 53 anos teria morrido por falta de atendimento médico.(Foto: leitor SE Notícias)
Homem de 53 anos teria morrido por falta de atendimento médico.(Foto: leitor SE Notícias)
Leandro Gomes, genro do falecido, falou da revolta da família com a morte. Ele afirmou que havia médicos na unidade de saúde, mas mesmo assim o atendimento foi negado.
“Ele veio buscar atendimento, mas não teve. Deixaram ele morrer em cima da carroça. Não providenciaram nem mesmo um carro para a transferência. Quando viu que meu sogro morreu o médico fugiu. É uma vergonha que isso tenha acontecido”, reclamou Leandro.
O corpo do homem foi colocado na carroça até a chegada da ambulância do Samu. O corpo deverá seguir ao Instituto Médico Legal (IML).

Fonte: se notícias.com.br

Nenhum comentário: