terça-feira, 12 de agosto de 2014

Suspeito de matar bebê de sete meses com tiro na boca é preso
Crime aconteceu em março deste ano em Nossa Senhora do Socorro. Segundo a polícia, suspeito queria matar homem e se vingou na criança.
12/08/2014 12h02 - Atualizado em 12/08/2014 12h22
Do G1 SE
Maurinho nega participação na morte do bebê (Foto: Marina Fontenele/G1)Maurinho nega participação na morte do bebê (Foto: Marina Fontenele/G1)
O mistério que envolve a morte de um menino de sete meses em março deste ano chegou a fim com a prisão de Lucimário dos Santos, conhecido como ‘Maurinho’, de 26 anos, pelo menos foi o que garantiu a polícia em entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (12). Segundo o delegado Hilton Duarte, o preso e um comparsa que continua foragido são responsáveis pela morte do bebê em frente a uma casa no Conjunto Marcos Freire II emNossa Senhora do Socorro (SE).
“O alvo de Maurinho era o dono da casa que estava na calçada com um amigo e a criança. Quando a dupla chegou atirando os adultos correram para dentro de casa e o menino acabou caindo na calçada. Testemunhas relatam que ele se abaixou e deu um tiro na boca do bebê e o laudo pericial confirmou que o disparo foi de uma distância muito curta”, relata o delegado.
‘Maurinho’ nega participação no crime e diz que rival estaria armando contra ele. “O dono da casa onde o menino morreu quer me culpar porque ele acha que eu matei o irmão dele em 2011. Mas nunca tive na a ver com essas mortes, eu matei foi outro homem que me ameaçou e eu cumpri pena por isso, estou em liberdade condicional. Se eu quisesse matar ele teria feito isso em uma faz vezes que fugi da prisão”, diz.
Delegado Hilton Duarte diz que não há dúvidas da participação do suspeito (Foto: Marina Fontenele/G1)Delegado Hilton Duarte diz que não há dúvidas da participação do suspeito (Foto: Marina Fontenele/G1)
A polícia informa ainda que o suspeito, que mora a duas quadras de distância da casa do desafeto, fugiu para a casa de familiares no município dePropriá após o crime em março. O outro participante da morte do bebê já foi identificado e está sendo procurado. Maurinho responde a processos por outros crimes e deve ser indiciado por homicídio com os agravantes de motivo fútil e sem dar possibilidade de defesa à vítima.

Fonte.em sergipe.com

Nenhum comentário: