terça-feira, 16 de setembro de 2014

Museu da PM participa da 8ª Primavera dos Museus
Evento acontece entre os dias 22 e 26 desse mês
(Foto: Assessoria de Imprensa)
‘8ª Primavera dos Museus’. Esse é o nome do evento nacional que acontece entre os dias 22 e 26 de setembro, onde 761 museus e outras instituições culturais promovem uma programação especial com mais de 2400 eventos, como exposições, visitas guiadas, palestras, exibição de filme, entre outros. A atividade é idealizada pelo Instituto Brasileiro de Museus.
O Museu da Polícia Militar do Estado de Sergipe também está inserido nas atividades e realiza duas programações distintas, sendo uma no próprio Museu, localizado na cidade de São Cristóvão; e o outro no campus da Universidade Federal de Sergipe, campus do município de Laranjeiras.
“No Museu da Polícia Militar nós realizaremos uma exposição de quadros – produzidos na técnica PVC Eucatex – com o tema ‘Sociedade Prisional – a exposição que você não quer ver’, a qual demonstra uma crítica ao modelo do sistema prisional existente no País. A exposição estará aberta ao público em geral entre os dias 22 e 26 de setembro, das 9 às 16h, no próprio Museu”, destacou o coronel Dilson Ferraz, diretor do Museu da Polícia Militar que também é o artista plástico autor das obras da referida exposição.
Paralelamente a essa atividade, o Museu da PM realizará apenas no dia 22 de setembro uma exposição itinerante no hall do Departamento de Museologia da Universidade Federal de Sergipe, no campus de Laranjeiras. O trabalho ficará disponível ao público das 9 às 14h.
O Museu da Polícia Militar tem por missão principal preservar e divulgar a memória, a história e a cultura material da Polícia Militar de Sergipe, esta última representada pelo seu acervo histórico e de suas co-irmãs e outras, com as quais tenha realizado intercâmbio cultural.
Em relação à exposição de quadros, trata-se do que o autor vivenciou quando realizou trabalhos de controle do efetivo da Polícia Militar, que vigiava a população carcerária dos presídios sergipanos no início da década de 2000.
“Do alto das muralhas das penitenciárias estaduais era possível ver, de um lado e de outro, as diferenças marcantes e singulares que caracterizavam duas sociedades distintas, que são regidas por leis e valores próprios e muitas vezes conflitantes. Analisar o sistema prisional do Brasil é contemplar o insólito. No trabalho, estão reunidas as principais deficiências do sistema penitenciário de Sergipe, que não é muito diferente nos demais Estados do País. É uma crítica silenciosa e colorida de uma realidade que você se recusa a acreditar que possa existir”, finalizou o coronel Dilson, diretor do Museu da Polícia Militar.
Museu da Polícia Militar fica na rua Ivo do Prado, nº 64, São Cristóvão. Telefone: (79) 3261-1123 / E-mail: museu.pm@pm.se.gov.br. Horário de funcionamento: 9 às 16h todos os dias, inclusive feriados.
Fonte: Assessoria de Imprensa

Fonte:Infonet.com.br

Nenhum comentário: