sábado, 11 de outubro de 2014

A sensação de insegurança é até pior que a insegurança em si.
A cidade hoje vive a sensação de insegurança nos quatro cantos da cidade,em cada rua,em cada casa.
O cidadão esta vivendo sob o domínio do medo,do descaso.
A situação de abandono, com toda certeza contribuiu de forma determinante para o aumento da violência na cidade, com uma administração que ainda não disse para que veio, ou disse sim,acabar com algumas festas tradicionais, cortar salários,aumentar taxa de iluminação publica, acabar de vez com auto estima da populaçao da cidade.
Infelismente alguns que defendiam a eleição desse grupo que ai esta,já foram embora, como dizem por ai fizeram o favor de reconduzir essas pessoas ao poder,e se mandaram.
As responsabilidades tem que ser de todos, é confortável hoje para os municípios fica assistindo de camarote a sua população sendo perseguida e massacrada nas ruas da cidade.
Agora hoje os municípios podem fazer sua parte,saneando as ruas,iluminando de forma satisfatória,e não o que acontece hoje,a cidade com diversos pontos escuridão a exemplo da rua conhecida como Fonte dos Padres,no fundo da igreja do Rosário, um absurdo se pagar uma alta taxa de iluminação publica e não ter esse serviço.
No bairro Rosa Elze tem uma rua que as pessoas evitam de passar pelo simples fato de acumular entulhos e lixo,essa rua fica próxima ao posto BR da curva da UFS.
Estamos vivendo a pior época da história da cidade, nem os administradores moram na cidade,o que ainda aprofunda os problemas.
Estamos pagando por um erro que só pode ser corrigido de quatro em quatro anos,estamos no fundo do poço, na sargeta!!
Já não podemos desfrutar da nossa São Cristóvão, os desocupados tomaram conta das praças, já não se pode frequentar com segurança a praça da matriz, nem a praça São Francisco que é patrimônio da humanidade,sem a mínima segurança, e ainda por cima a iluminação precária.
Governador socorra o povo de São Cristóvão, já não aguen


Nenhum comentário: