sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Oracio Oliveira

Na sessão de ontem na Câmara de São Cristóvão, os vereadores Michal Almeida, Irmão Gibson, Tony da Academia, Gilson Eletricista, Joca e Rege do Rosa Maria rejeitaram a Moção de repúdio ao filho de Armando Batalha Júnior.

A Moção foi proposta pelo Vereador Paulo Júnior (PSL), contra as declarações preconceituosas de Armando Batalha Júnior, contra os eleitores da presidente Dilma Rousseff.

3 comentários:

Henrique Braga disse...

Gostaria de saber porque não tiveram coragem de fazerem uma MOÇÃO contra o Juiz que também postou no seu face "Se os porcos pudessem votar, o homem com o balde de comida seria eleito sempre, não importa quantos porcos ele já tenha abatido no recinto ao lado."Orson Scott Carda, a mesma coisa de Júnior Batalha, só Júnior foi preconceituoso ? Só porque ele não é Juiz?. Parabéns aos vereadores que não aprovaram essa MOÇÃO politiqueira. Façam uma MOÇÃO agora contra o Juiz, porque se não vai parecer que estão usando de “dois pesos e duas medidas”
Henrique Braga

Eduardo Santana disse...

Tanta coisa pra se fazer, ficam perdendo tempo por Morcão de Repúdio. Vamos trabalhar Vereadores, pois o povo já não aguenta mais por tantos descasos.

Henrique Braga disse...

Gostaria de saber porque não tiveram coragem de fazerem uma MOÇÃO contra o Juiz que também postou no seu face "Se os porcos pudessem votar, o homem com o balde de comida seria eleito sempre, não importa quantos porcos ele já tenha abatido no recinto ao lado."Orson Scott Carda, a mesma coisa que Júnior Batalha postou, só Júnior foi preconceituoso ? Só porque ele não é Juiz?. Parabéns aos vereadores que não aprovaram essa MOÇÃO politiqueira. Façam uma MOÇÃO agora contra o Juiz, porque se não vai parecer que estão usando de “dois pesos e duas medidas” tem coragem?