domingo, 8 de fevereiro de 2015

Perturbação do sossego é a principal causa das ligações ao Ciosp em 2014
Mais de 109 mil ligações foram para reclamação de barulho. Trotes chegaram a 185 mil, 11,69% do total de 1,5 milhão de chamados.
07/02/2015 15h20 - Atualizado em 07/02/2015 15h20
Por Marina Fontenele
Do G1 SE
Trotes chegaram a 185 mil, 11,69% do total de 1,5 milhão de chamados (Foto: Marina Fontenele/G1)Trotes chegaram a 185 mil, 11,69% do total de 1,5 milhão de chamados (Foto: Marina Fontenele/G1)
O Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (SSP) divulgou o relatório de acionamentos de ocorrências durante 2014 em Sergipe. Nele, a perturbação do trabalho ou do sossego alheios, a averiguação de pessoa em atitude suspeita e o roubo estão no topo da lista que mais geraram chamados a central de atendimento das Polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros. Em seguida, estão a ameaça, a agressão/vias de fato, o acidente de trânsito, a violação do domicílio, o furto, o tráfico de drogas e o atrito verbal/discussões.
“Desde 2009 a perturbação do trabalho ou sossego alheio é a maioria das ocorrências, isso representa um problema que foge ao controle policial porque são muitos chamados e não podemos nos prender a esse tipo de situação comportamental e acabar prejudicando o atendimento a alguma situação de maior periculosidade. No ano passado foram 109.443 ligações só por esse motivo”, afirma o major Elias Linhares, coordenador adjunto do Ciosp.
O policial acredita que esses tipos de caso devem ser combatidos com penalidade mais ‘dura’. “As prefeituras, o Ministério Público e a Justiça deveriam assumir a responsabilidade pela manutenção da ordem e punir mais exemplarmente, com multas, porque acredito que quando ‘doer no bolso’ as pessoas vão respeitar o bom senso de não incomodar os outros”, argumenta o major Linhares.
Major Linhares acredita que multas pesadas devem educar as pessoas que perturbam o sossego  (Foto: Marina Fontenele/G1)Major Linhares acredita que multas pesadas devem educar as pessoas que perturbam o sossego
(Foto: Marina Fontenele/G1)
Em 2014 o Ciosp recebeu mais de 1,5 milhão de chamadas, 73 mil ocorrências a menos que as registradas no ano anterior quando esse dado ultrapassou 1,6 milhão. A ferramenta de comunicação que centraliza as ligações para o 190 e 193 também é alvo de brincadeiras que prejudicam o atendimento a situações reais de risco e no ano passado recebeu 185 mil trotes.
“Em 2013 foram 247,8 mil trotes, estamos combatendo esse tipo de prática com o apoio da Justiça que autoriza o bloqueio de telefones móveis que acionaram o serviço mais de 50 vezes em dez dias”, finaliza um dos coordenadores do Ciosp.


Nenhum comentário: