sábado, 7 de março de 2015

O Caos na Segurança pública de Sergipe

Presos usavam furadeira e planejavam escapar de presídio
Agentes impedem plano de fuga em presídio sergipano
Buraco em laje do pavilhão (Fotos: Cedidas pelo Sindpen ao Portal Infonet)
Uma revista realizada pelos agentes penitenciários terminou frustrando o plano de presos que arquitetavam uma fuga em massa no Complexo Penitenciário Dr. Manoel Carvalho Neto (Copemcan), localizado no município de São Cristóvão, às margens da BR 101. A equipe doPortal Infonet conversou com o vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários e dos Servidores da Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania (Sindpen), Marcelo Soares, que detalhou a cena encontrada em um dos pavilhões do presídio.
“Os agentes estavam fazendo uma revista junto com o pessoal do Gope [Grupo de Operações Penitenciárias Especiais] por volta das 21h de ontem [sexta-feira, dia 6] quando encontraram um plano de fuga em massa no pavilhão 4. Esse pavilhão tem cerca de 450 a 500 presos”, contou Soares. O sindicato acrescentou que o plano, já em andamento, consistia na utilização de uma furadeira e a realização de buraco na laje.
O sindicato voltou a denunciar a superlotação do presídio, afirmando que no Copemcan, a capacidade é para 800 detentos e hoje abriga quase 2.400 detentos.
A furadeira artesanal
Material encontrado no pavilhão
No trecho de uma nota publicada pelo sindicato, os agentes penitenciários, voltam a cobrar uma maior atenção do Poder Público. “Mesmo com o parco efetivo de agentes penitenciários, as difíceis e precárias condições de trabalho que são impostas pelo Estado de Sergipe, em seus três poderes (Executivo, Legislativo e o Judiciário), e mesmo sem a verba exorbitante de R$ 1.718.000,18 (um milhão e setecentos e dezoito mil reais), por mês para custeio da Unidade Penal, a categoria comprova mais uma vez seu profissionalismo em cumprir sua missão institucional”, destacam. Somente no primeiro mês do ano, oito detentos conseguiram escapar do mesmo presídio.
A equipe do Portal Infonet permanece à disposição do Departamento Penitenciário de Sergipe (Desipe) por meio dojornalismo@infonet.com.br ou (079) 21068000.
Por Kátia Susanna

Fonte: Infonet. com.br

Nenhum comentário: