terça-feira, 12 de maio de 2015

Henrique Braga

Amigo Sócrates, comungo com sua indignação e posso lhe afirmar que a irresponsabilidade pelo estado em que encontra-se o prédio é do IPHAN ( Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), é preciso que pessoas como você que sente-se indignado com essa situações que vá ao Ministério Público Federal ajuizar uma ação contra o IPHAN( Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), e pedir para que o Ministério Publico Federal autorize ao município a reiniciar a restauração do prédio e mais, pedir que o IPHAN possa ressarcir o município pelos alugues de espaços onde funcionam os setores que deveriam estarem funcionando no prédio, desde o período que foram embargada a restauração. Na época o município deveria gastar algo em torno de R$ 50,000.00 ( cinquenta mil reais) já o IPHAN fez um orçamento de R$ 700,00.00 (setecentos mil reais), tenho cópia desse orçamento. Se você fizer isso com certeza o município irá da continuidade a restauração, pois já entrei com duas.

Nenhum comentário: