terça-feira, 10 de novembro de 2015

Cabrita: prefeitura não tem programa para famílias
Ocupantes de área há 23 anos serão retiradas nesta quinta
Famílias devem provocar a prefeitura (Foto: Arquivo Portal Infonet)
A prefeitura de São Cristovão não dispõe de um programa específico para atender as famílias que há 23 anos ocuparam uma propriedade no povoado Cabrita e foram despejadas por determinação judicial. Há expectativa de que a reintegração de posse acontecerá nesta quinta-feira, 11, com apoio da polícia militar e as famílias, alegando que não possuem alternativa de moradia, prometem resistir, conforme afirmações do Movimento Organizado dos Trabalhadores Urbanos (Motu).
Em nota enviada a jornalistas, a Secretaria Municipal de Comunicação Social de São Cristovão informou que o município está ciente da necessidade das famílias, mas não estabelece programas sociais específicos para atendê-las. Na nota, a prefeitura destaca que as famílias prejudicadas poderão procurar apoio do poder público municipal, que, segundo o diretor de comunicação, Helvércio Dantas, só agirá se for provocada pelas famílias desalojadas.
Ao procurar a prefeitura, conforme a nota, as famílias receberão atendimento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e do Trabalho, na perspectiva de serem contempladas por algum benefício social provisório. Para ter acesso ao benefício, as famílias devem apresentar comprovante de renda [ou de isento] e os documentos pessoais. “Uma vez comprovados os requisitos legais, [as famílias] poderão ser bonificados com um benefício essencial provisório”, enaltece a nota da prefeitura.

Por Cássia Santana


Fonte:Infonet.com.br

Nenhum comentário: