sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Nota de Repúdio

O Diretório do Partido Socialismo e Liberdade de São Cristóvão/SE vem a publico repudiar o arquivamento do Relatório da CPI da Merenda e pela negativa dos vereadores seja da oposição ou seja da situação em divulgarem o teor das investigações.

A tarefa da CPI era ouvir depoimentos, fazer diligências e levantar documentos sobre irregularidades e denuncias segundo a reportagem exibida pelo Conexão Repórter do SBT em junho deste ano, demonstrando que havia a atuação de uma quadrilha para superfaturar os preços das licitações da Merenda Escolar em nosso município.

Desde o início o Diretório do PSOL de São Cristóvão acompanhou e rechaçou qualquer tipo de artifício para deixar de investigar plenamente as irregularidades apontadas. A missão desta Comissão era trazer a verdade dos fatos, doa a quem doer e é isso que esperávamos como resultado de todo o inquérito e com o relatório devidamente aprovado e encaminhado ao Ministério Público, com indicação de indiciamento dos possíveis envolvidos nas fraudes.

Mais o que presenciamos na ultima sessão da Câmara Municipal foi uma manobra premeditada com a clara intenção de enterrar as investigações, onde sequer as conclusões do relatório da CPI foram lidas em plenário. Toda essa artimanha foi orquestrada pela base do prefeito no legislativo com a conivência do único vereador da oposição.

Todos esses fatos deixam claro que o município de São Cristóvão precisa construir um polo de oposição de esquerda democrático, que não se submeta a acordões e negociatas e nem se renda as benesses do poder.

O PSOL apóia as iniciativas populares que estão se organizando junto as associações de moradores locais e conclama a toda a sociedade sancristovense a repudiar o arquivamento do relatório da CPI e exigir a publicização imediata do conteúdo das investigações e o envio das denúncias ao Ministerio Publico Estadual e Federal para o indiciamento dos possíveis envolvidos.

Dependendo de nós, todo o Brasil ficará sabendo do ocorrido através de nossas aguerridas figuras públicas, buscando as devidas providências junto aos órgãos competentes, visando que este absurdo que ocorreu em nosso pequeno município não possa mais se repetir em nenhum lugar de nosso imenso território nacional.

Luís Alberto B. Pinto
Presidente PSOL São Cristóvão-SE.
31/12/2015.

Nenhum comentário: