terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

A cidade perde mais um talento para a falta de apoio

Estava vendo uma reportagem sobre a companhia de dança de Nélson dos Santos, bailarino que teve sua base na cidade de São Cristóvão, e por aqui tentou desenvolver diversos trabalhos na sua área.
Nelson dava aulas praticamente gratuitas, formou vários grupos, ajudou em muitos eventos.
Mas o que nos deixou triste é que nessa reportagem ele colocou como base da sua companhia, o município de N. S. do Socorro, isso porque na sua cidade, Nelson não conseguiu apoio para desenvolver seu trabalho.
Veja que situação, quantas cidades queriam ter um talento desse em seus limites??
São Cristóvão, perde mais um grande talento, que não consegue desenvolver seu trabalho reconhecido, o pior é que não estamos falando de um iniciante, não, é um bailarino premiado.
Infelizmente nos últimos anos, com essa administração sem compromisso, a cultura da cidade tem sido esquecida, deixada de lado, por pessoas incapazes de reconhecer nas manifestações culturais, a importância de um povo.
A final, quem é o secretário de cultura da cidade??
Deixe pra lá, deve ser alguém que não gosta de cultura.

Fábio André
Agente da Guarda municipal de Aracaju, graduado em educação física pela unit,
profissional pelo Cref/Confef BA/SE 000060 
coordenador do centro de treinamento da guarda municipal de Aracaju,
Membro permanente do comitê de politicas publicas para a juventude do Município de Aracaju,
Membro do Fóruns Redes Aracaju.

Nenhum comentário: