quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

SAAE

SAAE de São Cristóvão sofre ameaça de boicote no fornecimento de água durante Festa de Passos

Uma força tarefa, com reforços na equipe operacional do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) do município de São Cristóvão, está sendo montada com o objetivo de realizar fiscalização preventiva em todas as válvulas independentes de controle de distribuíção e nas Estações de Captação e Tratamento (ETA) do órgão. A ação será realizada com o objetivo de evitar uma possível interrupção no fornecimento de água do município, provocada de forma proposital, durante a festa em homenagem ao Senhor dos Passos, que acontecerá nos próximos dias 19, 20 e 21.

A medida preventiva foi elaborada com base em fatos ocorridos em anos anteriores durante datas festivas, e em informações que chegaram até o conhecimento da direção do SAAE comunicando a articulação de uma nova ação semelhante no município. Por esse motivo e com o objetivo de manter estabilizado o fornecimento de água nas torneiras dos cidadãos atendidos pelo órgão, a diretoria técnica convida os consumidores a atuar de forma fiscalizadora, a fim de evitar que esse tipo de desrespeito ocorra, provocando a suspensão do fornecimento nesta ocasião e em outras oportunidades.

“Saber que uma ação de boicote, que irá prejudicar centenas de famílias, pode acontecer durante todos esses dias é preocupante. Precisamos zelar e proteger esse bem que é de todos e por isso contamos com a colaboração popular”, afirma o diretor-presidente do SAAE, Helvécio Dantas.
A Festa de Passos é considerada a segunda maior peregrinação religiosa do Estado e terceira maior do nordeste, e por esse motivo pode ser utilizada para promover ações com fins políticos, causando prejuízos à Gestão Municipal com a interrupção do fornecimento ou ainda ações de vandalismo com finalidade desconhecida, provocando enormes prejuízos aos moradores residentes na sede da 4° cidade mais antiga do Brasil e às centenas de visitantes que estarão no município.

Em São Cristóvão o sistema de abastecimento é formado por várias válvulas independentes, situadas em pontos estratégicos do município. Esses pontos isolados garantem a possibilidade de restringir de forma localizada o fornecimento de água, impossibilitando a chegada do líquido à determinadas localidades, caso haja a necessidade de reparos em pontos distintos, não atingindo de maneira generalizada o fornecimento.

“No entanto essas ligações independentes facilitam também a interrupção do fornecimento de forma localizada. No último ano a população sofreu um prejuízo ainda maior, com o corte dos cabos das bombas, impossibilitando a captação e consequentemente o fornecimento. Outra possibilidade estudada é a contaminação da água nas estações de tratamento, com produtos inadequados ao consumo humano. Fomos informados dessa articulação e iremos fazer todo o possível para evitar esses atos criminosos e o apoio dos cidadãos é vital nesse sentido”, complementa Helvécio.

Denúncias, ligue: 9-9191-6149 ou 9-9811-5615.  Sua identidade será mantida em sigilo.

Ascom | Prefeitura de São Cristóvão | Prefeito Jorjão

Nenhum comentário: