sexta-feira, 29 de julho de 2016

Alta Rejeição, Faz Amando Batalha Desistir de Disputar Prefeitura de São Cristóvão

Com alto índice de rejeição, ex-prefeito de São Cristóvão desiste da pré-candidatura à prefeito

A suposta pré-candidatura de Armando Batalha, a prefeito de São Cristóvão pelo PSDB foi sepultada de vez. Com alto índice de rejeição popular, de acordo com pesquisas de opinião, o ex-prefeito de São Cristóvão anunciou que não vai disputar a eleição de outubro próximo. O anuncio foi feito na manhã desta sexta-feira (29), no programa do jornalista Gilmar Carvalho na MIX FM, Atalaia e Cidade AM, de Simão Dias.
 Protagonista da polêmica que agitou os bastidores da política em São Cristóvão, Armando Batalha foi prefeito por dois mandatos 1997/2004. Em 2012, por conta da ficha suja, renunciou a candidatura para apoiar sua esposa Rivanda Batalha, que foi eleita com 41,84% dos votos validos.

Armando Batalha foi prefeito por dois mandatos 1997/2004. Em 2012, por conta da ficha suja, renunciou a candidatura para apoiar sua esposa Rivanda Batalha, que foi eleita com 41,84% dos votos validos. (Foto: arquivo/campanha 2012)
 Durante a entrevista, Armando declarou que precisa ter melhor qualidade de vida e agradeceu ao apoio do eleitorado. “Disputei oito eleições e ganhei seis”, concluiu.
Uma recente pesquisa de consumo interno aponta que o grupo de Armando Batalha/Jorjão tinha apenas 8% das intenções de voto, e mais de 50% de rejeição.
No mesmo programa, o atual prefeito de São Cristóvão,  Jorjão (PSC) declarou que não disputará a reeleição e que não pretende apoiar nenhum candidato à sua sucessão.
Acompanhe também o SE Notícias no TwitterFacebook e no Instagram

Nenhum comentário: