terça-feira, 4 de outubro de 2016

Eleições 2016 em São Cristóvão, Primeira Parte

Uma verdadeira pataquada, o Ex-Prefeito de São Cristóvão, Armando Batalha, depois da administração desastrosa de Rivanda Batalha, o líder político tentou emplacar o vice Jorjão, que apareceu meio perdido no tiroteio.
Jorjão assume, logo após a renúncia de Rivanda, que cai diante da reportagem de Roberto Cabrini do SBT, que mostrava as negociatas da quadrinha da merenda escolar.
O então prefeito Jorjão, orientado por Batalha cria o avança São Cristóvão, que não avançou em nada a cidade.
Percebendo a sua altíssima rejeição, vai a uma rádio no programa do Gilmar Carvalho, que ao que parece se entendem muito bem, e diz que estaria saindo da vida pública, mas com uma semana depois lança o filho em uma jogada "Salomonica", segundo ele, na apresentação puxou de forma desrespeitosa o braço do filho, e dizendo que era um plano para voltar ao poder.
Pegou mal, muito mal, e o filho pulou fora da barca furada.
Logo depois o líder de forma compulsiva lançar o seu aliado Josué Salvador e o vereador Jorge Lisboa, o que foi um fiasco.
E a sua última jogada foi uma estranha coincidência de três candidatos terem a mesma cor azul, o que confundiu muito a população e até políticos, mas isso já era esperado.
Coisas de Armando Batalha

Nenhum comentário: