terça-feira, 13 de dezembro de 2016

São-cristovense vence a Olimpíada Nacional da Língua Portuguesa

A aluna do 6º ano do Colégio Estadual Gaspar Lourenço, Jucimara Silva Conteira Santos, foi a grande vencedora da V Olimpíada Nacional de Língua Portuguesa. A premiação aconteceu, na tarde desta terça-feira, 13, em São Paulo (SP), onde ela representou o Estado de Sergipe.
Jucimara estava acompanhada da orientadora e professora Irani dos Santos Carvalho; do diretor do colégio, Ildson Alves, e de sua mãe, Lucineide Silva. Ela concorreu nesta última etapa com mais 38 poesias classificadas e escritas por jovens de todo o Brasil.
Como prêmio, tanto Jucimara quanto a professora Irani ganharam uma medalha, um notebook e uma impressora. Já a escola foi contemplada com 10 microcomputadores, uma impressora, um projetor multimídia e um telão para projeção, além de livros.
Poesia
Na sua obra, intitulada “Vida de Pescador”, a aluna contou a história de vida dos seus pais. A orientadora Irani dos Santos também havia sido classificada entre os sete textos na modalidade relato de experiência, com o título “Pescaria Literária”, explicando desde a realização das oficinas no Colégio Gaspar Lourenço até a escrita do texto pela aluna.
Premiação Nacional
A Olímpiada da Língua Portuguesa teve como tema o “O Lugar Onde Vivemos” e é uma iniciativa da Fundação Itaú Social, através do programa Escrevendo o Futuro, com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária, em parceria com o Ministério da Educação, Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e Canal Futura.
O concurso de textos premia as melhores produções dos alunos do 5º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio de todo o país, nas modalidades Artigo de Opinião, Crônica, Memórias Literárias e Poema.
Uma comissão avalia as produções inscritas por estado na primeira fase. Após serem classificados por categoria e por grau de escolaridade, os semifinalistas, juntamente com os professores orientadores, participam das oficinas regionais presenciais em outros estados. No caso do poema, ocorreu em Salvador (BA).
Os encontros da etapa regional têm por objetivo ampliar as habilidades de leitura, da escrita e do universo cultural dos alunos através do intercâmbio em capitais do Brasil.
Após serem avaliados pela Comissão Regional, as produções passam por uma Comissão Nacional.
Fonte: Universo politico
Foto: Universo politico  
1


Nenhum comentário: