terça-feira, 14 de março de 2017

Blog do Claudio Nunes

Se for contar as cobranças que este espaço faz ao Ministério Público Estadual – MPE e ao Tribunal de Contas de Sergipe darão para preencher um relatório de uma “coordenadoria avulsa popular”.
O problema é que em Sergipe Del Rey muita gente ainda vive do (e no) passado achando que ser “autoridade” vale tudo, inclusive usar o  dinheiro público ao bel prazer. Taí a operação Anti Desmonte que vai mostrar muitas irregularidades cometidas por prefeito ao apagar das luzes.
Agora o que se vê, inclusive em diversos municípios, são vários carros locados sem nenhum tipo de postagem em várias secretarias.
É preciso que o MPE e o TCE emitam uma, diga-se assim, “recomendação” para que os novos gestores deixem todos os veículos, locados ou não, com identificação. Para evitar aquele “jeitinho” brasileiro que é imoral de levar fazer compras da casa, levar parentes, filhos as escolas e até mesmo ir ao lazer do fim de semana com o carro pago pelo dinheiro público.
Não pense caro leitor, que é uma besteira. Não é não! O uso do cachimbo faz a boca porta e muitas vezes o simples uso de um carro público para fim particular sem punição é uma porta aberta para outros crimes mais graves...

Nenhum comentário: