quinta-feira, 20 de abril de 2017

O MAL NUNCA DORME

É preciso não esquecer o grande mal deixado pela administração passada, a onde a cidade de São Cristóvão, bateu todos os recordes de negatividades possiveis, ganhou em índices de violência no estado, a onde foi classificada por um período a cidade mais violenta do estado, a cidade foi classificada como a pior educação de Sergipe, com nota 0,5 pelo síntese.
A cidade ficou conhecida nacionalmente como a cidade das rosquinhas com leite, do esquema das licitações da merenda escolar da então prefeita, que expôs a cidade ao ridículo em uma discussão patética com o repórter do SBT Roberto Cabrini.
Da cidade que ficou quatro anos com posto de saúde sucateados, de uma cidade que ficou com a infraestrutura destruída, com quadra de esportes destruídas, do centro histórico e do Eduardo Gomes destruídas, um governo que deixou a população do centro histórico sem água nas torneiras por seis meses.
Uma administração Laranja,que não existiu por quatro anos por conta do egocentrismo de um cidadão que se intitula líder político, que a vaidade é maior que o senso de noção, que colocou o filho para a disputa da eleição para vereador em Aracaju, que perdeu de forma humilhante é hilária para um palhaço.
É esse cidadão que voltou a circular pelas ruas do conjunto Eduardo Gomes, como uma gazela inocente pastando no campo, quando sabemos que nada mais é que um abutre com uma fome insaciável pela carniça alheia.
Portanto vamos ter cuidado para não se enganar com esse pastelão repetido, é saber que esse filme é de péssima qualidade, com um roteiro trágico para a população de São Cristóvão.
Vamos sempre lembrar das maldades desse senhor.

Nenhum comentário: